.
.
.
.
.
 

Prédio verde de alto padrão no Centro do Rio
Plurale, 18 dez 2009

Surge um novo empreendimento comercial no centro da cidade: o Rio Office Tower, empreendido pela Vision Brazil Investments e Razão Engenharia e gerenciado pela Renta Engenharia. Voltado para a questão da sustentabilidade, cumpre todos os requisitos de um Green Building – Sua certificação LEED o classifica como um empreendimento verde.

Trata-se de um edifício corporativo de 14 andares com mais de 14 mil m2 de área útil, na Av. Presidente Vargas, diferenciando-se dos outros pelo alto padrão de acabamento, nível Triple A, com infraestrutura completa de serviços e comprometimento com o meio ambiente.

A redução do consumo de energia e água, o uso racional de recursos naturais não renováveis, a utilização de materiais reciclados ou materiais fabricados dentro de um raio de 800 quilômetros da obra, além de uma gestão de resíduos, são características desse empreendimento que nasce na vanguarda das novas propostas imobiliárias do momento em nossa Cidade.

Projeto do Rio Office Tower tem como meta a sustentabilidade

O termo sustentabilidade vem despertando o interesse em vários setores, notadamente na construção civil. A sustentabilidade está diretamente ligada ao conceito de "ser ecologicamente correto e economicamente viável". Neste contexto, o setor da construção civil também é responsável pela preservação do meio ambiente.

As empresas vêm adotando cada vez mais medidas para reduzir o consumo de energia e o impacto ambiental de seus empreendimentos. Com isto, muitos empreendedores passaram a se preocupar com a sua contribuição na questão da preservação da vida no planeta, e a analisar novos projetos com novo enfoque, o da racionalização de energia elétrica, de água, material empregado na construção, além de analisar o impacto que um empreendimento pode vir a causar ao meio ambiente.

“A questão da sustentabilidade nos novos projetos é cada vez mais uma prioridade na construção civil, uma vez que estamos diante de uma sociedade exigente, não só na questão da preservação do meio ambiente, como também em relação à redução dos resíduos e dos desperdícios gerados pela atividade”, informa o Diretor da RENTA Engenharia, Cesar Melo.

O Projeto

Para ser classificado como um Green Building, o Rio Office Tower teve que atender a determinados critérios, como tipo de terreno, uso racional de água, eficiência energética, materiais e recursos, qualidade do ambiente interno e inovação no projeto.

Os projetos de arquitetura, elétrica, ar condicionado e iluminação foram todos desenvolvidos visando o uso eficiente da energia e redução no consumo. Serão utilizadas lâmpadas e luminárias eficientes que não prejudicam o conforto do usuário. Sensores instalados nos andares próximos às fachadas irão medir a quantidade de luz natural disponível e mandarão informações para reduzir a iluminação da periferia da edificação. O vidro que será utilizado na fachada do empreendimento reduz o ganho de carga térmica e reduz o consumo de energia do sistema de ar condicionado. Medidas como estas farão com que o consumo anual de energia do edifício seja aproximadamente 15% menor, de acordo com a norma norte-americana ASHRAE/IESNA 90.1-2004.

Visando a redução do consumo de água potável, haverá um aproveitamento de água não potável, utilizando a captação da água de chuva e da água de dreno do sistema de ar condicionado do empreendimento, que serão tratadas e utilizadas no sistema de descarga dos sanitários. Além disso, serão utilizadas bacias que possuem duplo fluxo, mictórios e torneiras com acionamento hidromecânico e torneiras de serviço e chuveiros com restritores de vazão. Essas medidas devem economizar mais de 40% de água potável.

Como um incentivo ao uso de veículos ecologicamente corretos, os proprietários de veículos de baixa emissão (GNV ou álcool) poderão utilizar vagas preferenciais existentes na garagem do empreendimento.